Política de preços da Petrobras é um escândalo, diz Rui Costa

Política de preços da Petrobras é um escândalo, diz Rui Costa

10/11/2021

10/11/2021

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a criticar a atual política de preços da Petrobras que somente em 2021 autorizou 11 reajustes que resultaram em grande aumento no preço dos combustíveis. A estatal tem sido alvo de críticas e passa por momento de baixa credibilidade.

Em nota divulgada nesta quarta-feira, 10, Rui Costa classificou como "escândalo" e "absurdo" a prática de atrelar o valor interno ao câmbio e a mercado internacionais adotada pelo governo Bolsonaro. O próprio presidente da República tem atacado a estatal e adotado um discurso favorável a uma privatização.

Na última sexta-feira, 5, o Governo da Bahia congelou o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de combustíveis por um período de 90 dias. A pressão popular por conta do aumento do combustível, que já ultrapassa os R$ 7 na capital baiana, fez com que a gestão estadual mantivesse a mesma base de cálculo dos preços obtida em 01 de novembro de 2021, em função da aplicação da Margem de Valor Agregado - MVA ou do Preço Médio Ponderado a Consumidor Final - PMPF constantes de Atos COTEPE vigente no dia, o que for maior, ficando inalterado o valor do imposto nesse período.

O constante aumento dos combustíveis motivou a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado a aprovar nesta terça-feira, 9, o convite para que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, expliquem ao colegiado a política de preços no país. A data da audiência pública ainda não foi definida.

 

 

Por:Jequitinhonhanews.com/Atarde

Comente nossa matéria usando o Facebook
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.